(Este site é melhor visualizado através do Internet Explorer)

 

 

 

 

ENTRADA NO SILENCIO

 

Em uma verdadeira ENTRADA NO SILENCIO, não deverá haver desvio ou chamamento da atenção externa. A consciência deverá permanecer positiva, ativada. Os corpos do sentimento e do pensamento, bem como o etérico e o físico, deverão ser disciplinados para guiarem sua energia à fonte, a Presença "EU SOU".

 

Nunca será permitido, durante este período, deixar-se levar por múltiplos pensamentos, sentimentos, recordações ou por algum cansaço físico, os quais, muitas vezes, se apresentam reduzindo a tensão corporal.

 

Geralmente, é mais prazeroso ao discípulo iniciante fazer os apelos, mantrans, afirmações e visualizações, ocupando a energia dos seus corpos com este trabalho, uma vez que é, consideravelmente, mais difícil fazer os exercícios espirituais NO SILENCIO e conservar os corpos inferiores NO MAIS COMPLETO ESTADO DE QUIETUDE, para que as bênçãos possam ser RECEBIDAS.

 

 Muitas vezes, o discípulo entrega-se a uma agradável sonolência ou brinca com os seus variados pensamentos e sentimentos sem nexo; desta maneira, não poderá participar da benção de uma Contemplação.

.

TODO BEM seja suprimento, saúde, fé, força, amor ou purificação VEM DE DEUS, a Fonte de toda Vida. Estas dádivas são distribuídas pelos Seres elevados, através dos Mensageiros Divinos. Mas o discípulo não poderá receber a abundância destes bens e virtudes, enquanto não houver aprendido sua lição e instruído seus corpos inferiores, para ser-lhe permitido, por meio dos apelos, a entrada da misericórdia divina nesses mesmos corpos. Falai a eles: "PAZ, sede silenciosos!" Exercitai esta comunhão espiritual com vosso Deus - "EU SOU", a Presença Divina, até que participeis de Sua Bênção!

 

Um dos mais surpreendentes fatores negativos da personalidade humana é a incapacidade que ela tem para pôr-se no estado de calma. Não aquela letargia de sono, porém um estado de alerta e expectante quietude de mente e sentimento, no qual a intuição da individualidade divina pode iluminar a consciência externa.  Esta quietude é o  primeiro requisito para a união com o Cristo - a "Presença Mestra" - como também é chamado. Quanto mais perfeita for a atitude de receptividade que um discípulo possa desenvolver, maior será a quantidade de ação vibratória superior do Cristo Interno pronta a ancorar-se na consciência externa e expressar sua manifestação.

 

 Maha Chohan

 

 

Texto retirado do Livro Eu Sou o Eu Sou – Ponte Para a Liberdade

 

VEJA TAMBEM

- Contemplai a Grande Presença Eu Sou

- O Poder do Silêncio

- Processo de Interiorização e Expansão da Consciência Crística - 02

 

Envie esta página a um amigo especial.

Recomende esta página!

 

 

 

 

 

 

- Gostaria de ser avisado(a) das novidades do site?   Clique na figura ao lado e nos envie um e-mail. Fale conosco e envie suas sugestões.

- Se deseja copiar o texto, clique na figura ao lado 

 

 

Aceite nosso convite, pegue uma carona "No Rastro das Estrelas" e navegue pelo site.

Que um anjo lhe acompanhe nessa visita. Que lhe sejam transmitidas as vibrações de amor e paz contidas nessas páginas.

 

 

 

 

 

LIVRO DE VISITAS Nº 01

 

 

LIVRO DE VISITAS Nº 02

 

 

     

obrigada por sua visita.  Volte sempre. 

pagina formatada por Lucia

 

 

 Desde 20 de Maio de 2006, você é o visitante